Que os acessórios são sinônimo de personalidade, status, linguagem e uma maneira de se destacar, isso não há dúvida e desde os primeiros registros dessas peças na história, tem o mesmo significado.

 

Um dos achados mais antigos são de 75.000 anos atrás, foi encontrado na África do Sul, conchas que formavam um colar. Com o decorrer do tempo, foi criado técnicas de fundição e incluso o uso de materiais como cobre, bronze e ferro. Já em 3000 a.C, surgiram peças feitas com lápis lazuli, ouro e prata, com técnicas mais avançadas na joalheria da época.

 

As técnicas e materiais foram se desenvolvendo com o passar dos anos, envolveram estudos, arte, poesia, moda, tecnologia e movimentos históricos. Grandes personalidades, sempre foram registradas usando adornos, como colares, anéis, pulseiras, braceletes, brincos e coroas para demonstrarem sua personalidade e status.

 

Atualmente, os acessórios ainda são verdadeiras obras de arte, feitas com vários metais, pedras preciosas, ouro, prata, titânio, aço, cobre, platina e muitos outros materiais. Seja trazendo inspirações do passado ou lançando tendência para o futuro, peças como colares, brincos, pulseiras, pingentes, braceletes e uma série de acessórios, além de enfeitar o corpo, elevam a auto estima.